Mundo

Homem ataca quatro pessoas em escola na Noruega

Um homem atacou esta terça-feira de manhã quatro pessoas com uma faca numa escola em Oslo, na Noruega. Este atentado ocorre após o ataque terrorista na Nova Zelândia, que matou 50 pessoas e feriu meia centena, e o na Holanda que fez três vítimas mortais e cinco feridos.

O atacante terá ferido um professor e três funcionários da escola e já foi detido. Os motivos do ataque ainda não são claros e as quatro vítimas já foram transportadas para o hospital com ferimentos ligeiros, segundo comunicou policial à agência de notícias norueguesa NTB. A polícia de Oslo enviou patrulhas para a escola de Brynseng por uma situação de “violência e ameaças”.

Quanto ao atentado da Nova Zelândia, o país uniu-se para mostrar apoio aos muçulmanos. A Primeira-ministra também prometeu nunca mencionar o nome do alegado responsável pelo ataque às mesquitas, de forma a negar-lhe visibilidade ou uma plataforma para difundir ideias racistas. “Ele obviamente tinha uma série de razões para cometer este atroz ataque terrorista. Elevar o seu perfil foi uma delas. Isso é algo que podemos negar-lhe”, afirmou Jacinda Ardern.

Brenton Tarrant, um australiano nacionalista branco, de 28 anos, já está em prisão preventiva. É o suposto responsável pelos ataques às mesquitas Al-Noor e de Linwood, na sexta-feira, que fizeram pelo menos 50 mortos e quase meia centena de feridos. Tarrant transmitiu em direto, durante 17 minutos, os disparos.

O autor do ataque num eléctrico na cidade de Utechet na Holanda, Gokmen Tanis, de 37 anos, que causou três mortos e nove feridos confirmados, também já está em prisão. A detenção aconteceu na zona histórica da cidade a poucos quilómetros do local do ataque. Hoje todas as bandeiras dos órgãos do Governo holandês estão em meia-haste.

C/Agências Internacionais

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo