Mundo
Tendência

Ex-espião da Guerra Fria chega a Israel após 30 anos preso nos EUA

Um homem que ficou preso por 30 anos nos Estados Unidos condenado por espionagem a favor de Isarel foi libertado esta quarta-feira. O norte-americano Jonathan Pollard, que foi sentenciado a prisão perpétua por repassar informações secretas para Isarel no período da Guerra Fria, foi recebido no aeroporto pelo Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

“Estão em casa”, disse Netanyahu, que entregou ao ex-espião e à sua mulher, Esther, carteiras de identidade israelitas.

Ex-analista da Marinha dos EUA, Pollard obteve liberdade condicional em 2015, com a obrigação de usar tornozeleira eletrónica e respeitar um toque de recolher obrigatório por cinco anos. Neste período também foi probido de deixar o território norte-americano. Preso em 1985, o seu processo de libertação tornou-se numa sensível questão diplomática entre Israel e Estados Unidos.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo