Mundo
Tendência

Coreia do Norte exibe novo míssil balístico lançado por submarino

A Coreia do Norte exibiu ontem um míssil balístico lançado por submarino num desfile militar em Pyongyang, o que é visto como uma “mensagem” para Joe Biden, o novo Presidente dos Estados Unidos. O desfile, conforme a agência de notícias oficial KCNA, serviu para comemorar o congresso do Partido dos Trabalhadores, o que não acontecia há cinco anos. Neste evento, sublinhe-se, o líder norte-coreano Kim Jong-un afirmou que os Estados Unidos são “o principal inimigo” de seu país.

O míssil foi descrito pela agência KCNA como “a arma mais poderosa do mundo” lançada de um submarino. No desfile foram exibidos outros misseis. com “poderosa capacidade de ataque para aniquilar totalmente os inimigos, de forma preventiva, fora do território”, acrescentou o órgão oficial.

Como escreve o jornal Globo, alguns especialistas acreditam que a Coreia do Norte está aproveitando o congresso do partido no poder para enviar uma mensagem ao próximo governo dos Estados Unidos, com a ideia de obter concessões.

Kim Jong-un e Donald Trump, recorda esse órgão, tiveram um relacionamento tumultuado, marcado por insultos e ameaças de guerra, mas também de várias missões diplomáticas nas quais o presidente americano elogiou o líder norte-coreano. Na prática houve pouco progresso entre os dois países e o processo está paralisado desde o fiasco da última cúpula, realizada em Hanói em fevereiro de 2019. Esbarrou-se na espinhosa questão das sanções contra Pyongyang e os compromissos que o regime norte-coreano teria que assumir.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo