Economia

Electricidade aumenta 4,75 escudos KWH/hora em Cabo Verde

Os cabo-verdianos vão pagar mais 4,75 escudos por quilowatt/hora de electricidade consumido, conforme anúncio feito ontem pela Agência Reguladora Multisectorial da Economia e confirmada em conferência de imprensa pelo ministro da Indústria, Comércio e Energia, Alexandre Monteiro. Apenas os beneficiários da tarifa social são isentos deste aumento, conhecido logo depois da subida dos preços dos combustíveis, sobretudo do gasóleo de electricidade, cujo aumento foi de 53,32%. 

A nova tarifa de venda da energia eléctrica abarca clientes da Electra e da Águas e Energia da Boa Vista e vigora desde ontem e por um período de seis meses, de acordo com nota de imprensa emitido pela Agência Reguladora Multisectorial da Economia. Esta justifica com a necessidade de salvaguardar o equilíbrio económico-financeiro dos operadores e garantir a sustentabilidade dos serviços públicos de fornecimento de energia, devido ao aumento dos preços dos combustíveis no mercado internacional.

“Para a tarifa social não teve qualquer aumento, enquanto que nas outras categorias tarifarias houve um aumento de 4,75 escudos/KWH e 6,22 escudos/KWH (sem IVA), respectivamente para a Electra e a Águas da Boa Vista”, lê-se na nota da ARME. Este anúncio foi seguido de uma conferência de imprensa sobre o impacto das medidas tomadas pelo Governo nos novos preços dos combustíveis e nas tarifas de electricidade em vigor, proferida pelo Ministro Alexandre Monteiro.

O governante explicou, por exemplo, que os combustíveis de eletricidade, o mais utilizado em Cabo Verde, duplicou de preço.“O Fuel 380 e o Fuel 180, que historicamente são os combustíveis mais económicos e mais utilizados em Cabo Verde na produção de electricidade, representam cerca de 83% do mix utilizado”, explicou o ministro, que avançou ainda que o Fuel 380, que representa 73% do mais usado custa uma média de 60 escudos por kg, tem hoje um preço de 134,8 escudos.

De acordo com o ministro, os preços dos combustíveis estão sob uma enorme pressão desde o início da guerra na Ucrânia e como consequência, Cabo Verde está sendo confrontado com o maior choque externo de sempre e sob uma pressão enorme de atualizar a tarifa da electricidade. Com as novas actualizações ARME, disse, houve um aumento de 11,87 escudos KWH/hora na electricidade e o Governo vai assumir 7,1 escudos KWH, o que corresponde 60% do valor na tarifa do consumidor.

Caso nenhuma medida fosse tomada, afirmou, a tarifa de electricidade teria um aumento de 18,7 escudos KWH. Este comunicou ainda que, para mitigar os preços dos produtos energéticos, o Governo alterou as taxas de direito de importação e do imposto sobre o consumo especial, abrangendo a gasolina, o gasóleo e o Fuel 380. 

A nível da alteração da taxa de direitos de importação, a gasolina passou de 20% para 10% e o Fuel 380 de 5% para 0%, sendo que o gasóleo já era isento. Por outro lado, o imposto sobre consumo especial, a gasolina e o gasóleo passou de uma taxa de 10% para uma taxa específica de 6 escudos por litro, o

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo