Economia
Tendência

AAVT e MNE abordam “situação difícil” das agências e aventam abertura de “novos corredores” aéreos

A Associação das Agências de Viagens, representada pelo seu presidente, Mário Sanches, e o vice Bino Santos, encontrou com o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades para discutir a “situação difícil” porque passam as agencias de viagens, por conta do encerramento das fronteiras face à pandemia da Covid-19. Sanches defendeu a importância dos voos e a abertura de novos corredores aéreos com outros países para a sobrevivência do sector. 

De acordo com o presidente da AAVT, foi uma oportunidade para esclarecer sobre os procedimentos das agências de viagens e os critérios para venda de passagens aéreas nestes voos essenciais, tendo em conta serem estas uma rara “brecha” de negócios para as agências nos tempos atuais. 

Por isso, segundo Sanches, a AAVT assinala, com satisfação, a abertura demonstrada por aquele representante do ministro dos Negócios Estrangeiros, que se prontificou a “tudo fazer”, no que cabe à sua tutela, para apoiar o setor. “O Ministro aventou a possibilidade de abertura de novos corredores aéreos – respeitando todos os protocolos sanitários de segurança internacionalmente recomendados durante a pandemia da Covid-19 – com países que acolhem a diáspora cabo-verdiana”, frisou.

 Este acredita que, com a diáspora cabo-verdiana, será mais fácil negociar voos especiais, como os que já se fazem neste momento com Portugal “

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar