Desporto
Tendência

Covid-19 “elimina” Cabo Verde do mundial de andebol Egipto-21

A Covid-19 matou literalmente todas as aspirações de Cabo Verde no campeonato mundial de andebol, que está a decorrer no Egipto. O surgimento de mais 3 infeções no seio dos jogadores obrigou a FCA a suspender em defintivo a participação dos Tubarões-azuis nessa prova, o que vai beneficiar a equipa do Uruguai, que passa à segunda fase.

Conforme comunicado da Federação Cabo-verdiana de Andebol, os casos positivos de Covid-19 não pararam de aumentar, tendo a equipa médica colocada à disposição de Cabo Verde encontrado um total de nove jogadores infectados. “A situação real de surgimento de casos frequentes no seio da nossa equipa nacional tem criado à Delegação de Cabo Verde e aos países envolvidos no evento, nomeadamente aos pertencentes ao grupo, um desconforto desportivo. Esse desconforto já levou inclusive a equipa técnica da nossa seleção nacional a não comparecer ao segundo jogo da I fase, contra a congénere alemã, por número insuficiente de jugadores“, explana a FCA.

Ciente da possibilidade de surgirem mais casos, e porque a seleção pode ser desqualificada da prova se ficar de novo sem o minimo de 10 jogadores exigidos pelo regulamento, a FCA decidiu não arriscar incorrer a faltas mais graves e ainda colocar em risco a saúde dos demais atletas, equipa técnica e dirigentes. A federação acresce ainda que, mesmo com 10 jogadores disponiveis, um deles teria que ser um guarda-redes. Só que neste momento Cabo Verde não dispõe de nenhum guarda-redes, pois os 4 convocados estão em isolamento por terem acusado positivo para Covid-19.

Perante esse quadro, a FCA decidiu afastar-se do mundial e informar as entidades competentes a nivel internacional e autoridades cabo-verdianas. Isto depois de analisar a situação num encontro com a IHF (Federação Internacional de Andebol) , a Confederação Africana de Andebol (CAHB), a organização e as autoridades de Saúde egípcias. A decisão já foi comunicada ao Ministério do Desporto/IDJ, ao patrocinador oficial da seleção e demais parceiros públicos e privados.

A saída da caravana desportiva de Cabo Verde da 27a edição do Campeonato Mundial de Andebol está prevista ainda hoje, no final da tarde, para um novo hotel e a FCA está em processo de tratamento da logística para o regresso à casa de cada um dos elementos que compõe a delegação.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo