Desporto

Almara apresentado no Mindelense: “Vamos trabalhar para conseguir bons resultados”

O Clube Sportivo Mindelense apresentou na tarde desta segunda-feira, 21 de fevereiro, Almerindo “Almara” Jesus como novo treinador da equipa, num acto simples que aconteceu no Campo de Bitim, em Monte Sossego. Almara, que trouxe como treinadores-adjuntos Kulau e Teobaldo, com quem já tinha formado equipa técnica do “Clube da Rua de Praia” anteriormente, promete apenas trabalho e espera, até final da época desportiva, ter uma equipa a altura das expectativas do clube e dos adeptos sanvicentinos. 

Vim com humildade trabalhar e ver se conseguimos ter um Mindelense a altura daquele que todos conhecemos em S. Vicente. Vamos trabalhar para tentar conseguir bons resultados. Temos um plantel montado e espero tirar o máximo proveito dos jogadores”, declarou Almara à imprnsa, logo após ter sido oficialmente apresentado aos jogadores e começar a orientar o primeiro treino dos encarnados. 

Para isso, e numa altura em que a equipa está a três pontos do líder, Almara quer apostar, primeiro, no dialogo. Admite que os jogadores são conhecidos, mas quer fazer uma avaliação mais de perto, antes de montar um esquema de trabalho. “Os jogadores normalmente não se manifestam quando há mudança na equipa técnica. Vamos ajudá-los, mas eles também terão de ajudar por forma a que, juntos, possamos conseguir sair dos resultados menos bons das últimas jornadas”, responde ao ser questionado sobre como foi recebido. 

Treinador e adjuntos Kulau e Teobaldo

Almara, recorda-se, foi campeão pelo Mindelense enquanto jogador e de Cabo Verde como treinador. Orientou a equipa pela primeira vez logo que pendurou as chuteiras. Voltou ao comando técnico dos encarnados em 2012 tendo Baessa como adjunto. Retornou novamente numa altura em que Mindelense estava atrasado em relação às demais equipas e conseguiu ganhar o campeonato nacional. “Fui afastado no segundo ano. Desde então passei por outras equipas, mas voltei para esta que é a minha casa e onde fiz toda a minha carreira como futebolista. Espero ajudar a equipa a recuperar os três pontos em relação ao líder”, frisou Almara, que diz ter sido surpreendido pelo convite do presidente, até porque não esperava que Rui Alberto fosse afastado. 

Decisão difícil 

O presidente do Mindelense diz ter consciência de que esta não era a melhor altura para fazer a mudança da equipa técnica. Mas um clube habituado a ganhar, quando não consegue bons resultados, a direcção acaba por ser pressionado a tomar decisões. E esta foi uma das decisões mais difíceis na sua vida de dirigente desportivo e a que mais lhe custou. “Mas foi uma decisão ponderada. A direcção entendeu que, mesmo correndo o risco de não ser a altura ideal, tínhamos de o fazer. Nestes casos, a direcção não pode se demitir porque tem de prestar contas. Também não pode dispensar todo o plantel e trazer outros jogadores. Então, substituir o treinador acaba por ser mais fácil.” 

Presidente Daniel Jesus

Não obstante estar ciente da situação, Daniel Jesus afirma que deixa claro que não fica menos doloroso substituir um treinador, sobretudo porque Rui Alberto tem uma história marcante no Mindelense. “Foram sete anos e Rui Alberto conseguiu manter o clube no seu performance habitual de ganhar. Penso que apenas Tchida terá conquistado mais títulos que o Rui. Mas tínhamos de fazer algo, mesmo com muito custo. O futuro dirá se foi ou não a melhor decisão. Estamos aqui para fazer sempre o melhor para o Mindelense.”  

Instado se Almara foi a primeira escolha da direcção, o presidente explica que o cenário neste momento em S. Vicente não é muito alargado. Mesmo assim, havia algumas possibilidades. Porém a direcção do clube entendeu que Almerindo Jesus, por ser quem é, pelo que significa e pelo conhecimento que tem do clube era a pessoa indicada para apostar e para alterar o status quo. “Acredito que Almara poderá trazer uma motivação extra aos jogadores. Antes o trabalho decorria normalmente durante a semana, mas no jogo que o aspecto psicológico parecia não funcionar. A parte mental é fundamental”, conclui. 

Primeiro treino orientado por Almara

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo