Cultura

Ministério do Mar lança concurso “Amar o Mar” para fotógrafos residentes

O Ministério do Mar, no quadro da 5ª edição da Cabo Verde Ocean Week, acaba de lançar o concurso de fotografia, “Amar o Mar” destinado a fotógrafos profissionais residentes no país. O objectivo, diz, é estimular a produção fotográfica direccionada à área do mar, bem como promover sua divulgação e preservação. 

O concurso integra esta semana de acções concretas para preservar os mares de Cabo Verde, envolver e impactar significativamente as comunidades. “Para esta ‘nova largada’, é chave-mestra a linguagem visual e fotográfica na massiva sensibilização para a preservação dos nossos mares e cultivo do “amor ao mar” que tantas oportunidades económicas e de desenvolvimento oferecem a este pequeno Estado Insular, mas Grande Estado Oceânico”, lê-se no comunicado de imprensa do MM

É neste sentido que a tela desafia os fotógrafos profissionais a demonstrarem, através da fotografia, como podem “amar” o imenso azul e relacionar o cabo-verdiano com o mar. De acordo com o Edital do concurso, serão selecionados três projectos fotográficos inéditos que abordam o tema para uma exposição física, durante o Cabo Verde Ocean Week. “As fotografias seleccionadas no concurso serão expostas nas Gares marítimas de Cabo Verde, a iniciar pelo Porto Grande durante o CVOW”

Os projectos fotográficos podem ser submetidos até o dia 10 de novembro. A inscrição é gratuita e efectivada mediante a entrega de dez fotografias, acompanhadas da respectiva ficha de inscrição. Estas devem ser enviadas única e exclusivamente por correio eletrônico. “A inscrição deve ser acompanhada de um pequeno texto a respeito de cada fotografia, o local onde a imagem foi captada e explicitando a sua ligação ao tema proposto pelo concurso.”

Os critérios de avaliação são consonância com o tema, justificativa, criatividade/originalidade e qualidade fotográfica, e cada participante é premiado uma única vez e numa única fotografia. O edital informa ainda que, no acto da inscrição, os participantes cedem ao Ministério do Mar e à Enapor as fotografias e autorizam o uso das imagens em qualquer média existente, compreendendo também a sua utilização em qualquer reprodução, divulgação, exposição, circulação e exibição audiovisual, no país ou exterior, sem fins lucrativos, tanto pela tutela como pelo CVOW.  

As fotografias serão avaliadas por um júri nomeado coordenado pela CVOW e composto por um membro do Ministério, Enapor, EMAR, Associação Nacional de Fotógrafos e Direção Geral das Artes e das Industrias Criativas. O resultado será anunciado no encerramento do CVOW, com a entrega dos prémios: 50 mil escudos e um curso de mergulho (1.º lugar), 30 mil escudos e um curso de formação de formadores marítimos (2.º lugar) e 15 mil escudos e um curso de stand UP Paddle (3.º lugar). 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo