Atualidade
Tendência

José M. Neves afirma que FIC é montra das potencialidades empresariais e elogia qualidade do CNAD

O Presidente da República defendeu ontem numa visita à FIC a necessidade de Cabo Verde acelerar o ritmo de crescimento económico e passar a orientar-se pela bússola da eficácia e excelência dos resultados. Neves entende que é chegado o momento de se mudar hábitos mentais, romper com formas de estar, aumentar a produtividade e o desempenho nas empresas. “São estes os ingredientes para acelerarmos o passo para mais competitividade e crescimento”, assegura o Chefe do Estado de Cabo Verde.

Sobre a Feira Internacional de Cabo Verde, o PR enfatizou que se trata de um evento que mostra sobretudo as potencialidades das empresas em vários domínios, como as telecomunicações e indústrias. Ele que teve a oportunidade de conhecer alguns produtos/inovação dos expositores nesta 25. edição da FIC, que decorre nos armazéns da Enapor, na cidade do Mindelo.

Antes, no entanto, o PR foi conhecer o renovado edifício do Centro Nacional de Artes e Desing, tendo ficado muito bem impressionado. Afirmou, aliás, que a visita foi fabulosa. “Vi um espaço de excelência. Gostei muito da reabilitação”, exclamou o PR, que deu os parabéns ao Ministério da Cultura, aos agentes culturais e aos técnicos do centro. Para ele, é disto que Cabo Verde precisa, espaços que, à partida, funcionam como fonte de inspiração. Neves mostrou-se agradado também com as perspectivas de gesto do CNAD e do impulso que virá dar nas artes criativas em Cabo Verde.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo