Atualidade
Tendência

Câmara do Seixal vai enviar camião para recolha de lixo e autocarro para Boa Vista

A Câmara Municipal do Seixal (Portugal) vai enviar para Boa Vista vários equipamentos para dar respostas às necessidades da ilha.

Brevemente seguirá um camião para recolha de resíduos sólidos urbanos e um mini-autocarro para transporte de alunos, garante o Presidente da Câmara Municipal do Seixal, Joaquim Santos, que anunciou esta novidade à margem da cerimónia de apresentação do navio Dona Tututa, a nova embarcação da Cabo Verde Interilhas do Grupo ETE – empresa portuguesa que opera no setor marítimo e portuário – no dia 7 de junho nos estaleiros da Navaltagus. Para Joaquim Santos, “Dona Tututa” é uma aquisição importante que vai servir também a ilha da Boa Vista, um meio de transporte que facilita a mobilidade das pessoas e circulação de produtos para facilitar a vida dos agentes económicos e sociais.   

O Presidente da Câmara Municipal do Seixal ressalva ainda que o Município continua a apostar fortemente na parceria com a Câmara da Boa Vista, no quadro da geminação existente entre os dois municípios há três décadas. “Estive na Boa Vista antes da pandemia para estabelecer parcerias. Vi uma terra com muitas potencialidades para o desenvolvimento, uma terra de gente muito afável. Temos prioridades como saneamento, educação, formação, setor económico – como turismo, pesca, cerâmica – e sociais áreas com potencialidades em que Boa Vista apresenta algumas carências. Teremos oportunidade no futuro próximo de discutir com o novo Presidente da Câmara Municipal da Boa Vista as ações para os próximos tempos.

O edil do Seixal é de opinião que Cabo Verde tem uma cultura rica e essa dimensão é um suporte importante na interecção entre os dois povos unidos pela língua portuguesa. O Presidente da Câmara Municipal do Seixal disse estar muito orgulhoso com a presença da comunidade cabo-verdiana – a mais antiga e numerosa no seu município e segunda a nível do país – e fez questão de partilhar esse facto no seu discurso da apresentação do navio Dona Tututa, na presença do ministro das Infraestruturas e Habitação de Portugal, Pedro Nuno Santos, ministro do Mar de Cabo Verde, Paulo Veiga, Embaixador de Cabo Verde em Portugal, Eurico Correia Monteiro, e Luís Figueiredo, Administrador do Grupo ETE, Jorge Maurício, vice-Presidente do ETE-Cabo Verde e várias personalidades ligadas ao setor empresarial, marítimo e portuário. “Tem sido muitíssimo importante o trabalho de interecção entre os imigrantes e população local que tem ajudado o Seixal a crescer. Somos muito orgulhosos da nossa multiculturalidade, são mais de cem nacionalidades a viver no município. Muita gente veio do interior do país, muita gente como os cabo-verdianos vieram a procura de uma vida melhor e encontraram no Seixal o seu porto de abrigo”. 

A Câmara do Seixal e a da Boa Vista assinaram o protocolo de geminação a 11 de Outubro de 1990 ainda na primeira república. Tem como base os laços de amizade e cooperação existentes entre os dois povos e a comprovada vontade de ambas as partes em colaborarem solidariamente para o bem-estar dos seus cidadãos e o desenvolvimento das relações mútuas. São séculos de história comum a unir os povos da República de Cabo Verde e Portugal.

Conquistada a liberdade e a democracia, afastados que foram os espectros de guerra e opressão, os povos português e cabo-verdiano trilham os caminhos do desenvolvimento e da cooperação.

A Câmara Municipal do Seixal e a congénere da Boa Vista consideram o relacionamento entre os dois municípios como uma componente fundamental do processo de amizade e cooperação entre os povos cabo-verdiano e português. As duas entidades consideram de essencial importância que, para lá do seu relacionamento, esta geminação permita o encontro respetivo entre as populações dos dois municípios, designadamente através das suas associações representativas.

Ildo Rocha Ramos Fortes 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo