Social
Tendência

Professor Queiroga vítima mortal de acidente de viação em S. Vicente

O professor Miguel Queiroga faleceu ontem no hospital Baptista de Sousa vítima de um acidente de viação ocorrido por volta das 15 horas e 30 minutos em S. Vicente. Conforme o amigo Albertino Martins, os dois estavam regressando para o complexo habitacional Vila Kolá Sanjôn, na Ribeira d’Julião, quando foi abalroado por um camião, logo após passar pelo segundo muro do cemitério municipal da cidade do Mindelo. 

“Estávamos juntos, fomos comprar catxupa d’cevada em Chã de Alecrim e depois partimos para a zona de Ribeira d’Julião, onde residimos. Eu vinha à frente no meu carro e ele logo atrás na sua moto. Entretanto, perto do cemitério envolveu-se num acidente, mas só vim a saber disso depois que cheguei em casa”, conta Albertino Martins. 

Ao reparar na demora do colega, Martins telefonou 3 vezes para o seu telemóvel, mas não obteve nenhuma resposta. Momentos depois recebeu uma chamada dos bombeiros e foi informado do sucedido. 

Pelos dados que dispõe, Queiroga terá tentado ultrapassar um camião e foi abalroado. Foi projectado, embateu no tronco de uma árvore e sofreu ferimentos na cabeça e nas pernas com gravidade. Transportado para o hospital já em estado de coma viria a falecer poucas horas depois.

Este jornal tem tentado obter detalhes sobre o acidente junto da Policia de Trânsito, mas sem sucesso, pelo que espera trazer mais informações assim que possível.  

O certo é que várias pessoas ficaram transtornadas com a notícia. Isto porque o malogrado era considerado um amigo de fino trato e um excelente professor da língua portuguesa e de matemática. Deu aulas no Liceu Ludjero Lima, no Instituto Pedagógico e na Escola Portuguesa do Mindelo, instituição da qual foi também fundador. 

De nacionalidade portuguesa, Queiroga, 54 anos, tinha uma relação estreita com a ilha de S. Vicente, onde granjeou a simpatia e amizade de muita gente. O corpo será transladado para Portugal, conforme apurou este jornal.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo