Social

MP pede 25 anos de cadeia para suspeito de assassinar Eliane Pinto

O Ministério Público pediu uma pena de mais de 25 anos para o presumível assassino da criança encontrada morta na zona de Monte Leão, na ilha do Sal, em Dezembro do ano passado, de acordo com a agência de notícias Inforpress. 

Foi nas alegações finais, depois de dois dias de julgamento de Stefan Reis, de 30 anos, suspeito de homicídio agravado e agressão sexual com penetração, que o Ministério Público pediu uma pena superior a 25 anos para o acusado. 

Sobre o jovem, que cumpre prisão preventiva na cadeia do Sal, pesa ainda suspeitas de abuso sexual, crime no entanto que as autoridades não conseguiram provar, pelo que pediram a sua absolvição. A sentença deverá ser conhecida no dia 03 de junho. 

A vítima, Eliana Pinto tinha 13 anos e era aluna do 8ºC no Complexo Educativo Manuel António Martins (CEMAM), em Santa Maria. Morava em Palha Verde, de onde saiu para ir à escola que dista nove quilómetros da casa, e nunca mais voltou.

O corpo de Eliana foi encontrado na zona de Monte Leão. O certificado de óbito revelou que a morte foi por afogamento, não se sabendo o que poderá ter acontecido antes deste infortúnio. Para além de não se conseguir confirmar as suspeições de abuso sexual, também não se soube como foi parar no mar. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo