Social

Alegados pedófilos afastados da residência e proibidos de contactar vítimas na Praia

Autoridades judiciárias decretaram o afastamento da residência e proibiram dois indivíduos, de 26 e 47 anos acusados da prática dos crimes de tentativa de abuso sexual contra duas crianças menores de oito anos, de contactar as vítimas. Os crimes terão ocorrido no mês de julho na cidade da Praia.

De acordo com a Polícia Judiciária, o homem de 47 foi detido na terça-feira, fora de flagrante, em cumprimento de um mandado do Ministério Público. Residia em Achada Grande Trás e é suspeito da prática de um crime de abuso sexual de criança na sua forma tentada contra um menor de 8 anos.

O segundo indivíduo, de 26 anos e residente em Achada Santo António, também foi capturado ontem, quarta-feira, fora de flagrante, em cumprimento de um mandado do Ministério Público. O jovem é também suspeito de um crime de tentativa de abuso sexual de uma criança de 8 anos, residente na mesma localidade e vizinha do suspeito.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo