Mundo

Vários sítios Web da NATO  sofrem ataques informáticos

Vários websites da NATO sofreram um ataque informático ontem à noite, tornando temporariamente inacessível a página da Sede de Operações Especiais da Aliança Atlântica. O ataque ocorreu no mesmo dia em que o secretário-geral anunciou a intenção de deixar o cargo que ocupa desde 2014.

«Os ciber-peritos da NATO estão a lidar activamente com um incidente que afecta alguns sites da Aliança Atlântica. A NATO lida regularmente com incidentes cibernéticos, e leva a segurança cibernética muito a sério», disse um funcionário da Aliança Atlântica à DPA.

Esta declaração surge depois de relatos nas redes sociais, posteriormente retomados por órgãos de comunicação social, sugerirem que hackers pró-russos tinham atacado o website da Sede de Operações Especiais da NATO e outros, tornando-o temporariamente inacessível.

Os possíveis atacantes, de acordo com os relatórios acima mencionados, podem incluir o grupo hacker russo Killnet, que está associado a outros ataques recentes, incluindo na Alemanha, visando os sites do Bundestag, a polícia e as infra-estruturas críticas, de acordo com a agência.

Relativamente a intenção de Jens Stoltenberg de deixar o cargo de SG da Nato, importa referir que o seu mandato termina em outubro. Em março de 2022, após a invasão russa da Ucrânia, os dirigentes da Organização do Tratado do Atlântico Norte decidiram prolongar o mandato até 30 de setembro.

Pub.

Esperava-se que o economista e político norueguês, ex-primeiro-ministro da Noruega (2005/2013) e antigo líder do Partido Trabalhista (até 2013) assumisse o cargo de chefe do Banco Central nos meses seguintes, mas acabou por desistir do cargo. Stoltenberg, que completa 64 anos em março, assumiu a liderança da Aliança Atlântica a 1 de outubro de 2014.

C/Agências Internacionais

Mostrar mais

Constanca Pina

Formada em jornalismo pela Universidade Federal Fluminense (UFF-RJ). Trabalhou como jornalista no semanário A Semana de 1997 a 2016. Sócia-fundadora do Mindel Insite, desempenha as funções de Chefe de Redaça6o e jornalista/repórter. Paralelamente, leccionou na Universidade Lusófona de Cabo Verde de 2013 a 2020, disciplinas de Jornalismo Económico, Jornalismo Investigativo e Redação Jornalística.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo