Mundo

General ucraniano recebe e doa herança de um milhão ao Exército

Valerii Zaluzhnyi decidiu doar um milhão de dólares ao exército do seu país. O comandante-chefe das Forças Armadas da Ucrânia recebeu a herança de um homem com cidadania ucraniana e norte-americana de nome Gregory Stepanets, e decidiu doar todo o valor aos militares ucranianos.

A informação foi confirmada pelas Forças Armadas da Ucrânia ao New York Times e ao jornal ucraniano Ukrainska Pravda. “Dei toda a minha às Forças Armadas. E não tinha dúvidas sobre o que fazer com a herança. A última vontade de Stepanets era, obviamente, apoiar o exército ucraniano através de mim”, disse Zaluzhnyi, em comunicado, aproveitando para agradecer a todos os que ajudam as Forças Armadas da Ucrânia, mas também à sua família pela sua compreensão.

Segundo o Ukrainska Pravda, a herança foi transferida para uma conta do Banco Nacional da Ucrânia em nome do exército ucraniano, a 5 de janeiro de 2023.

Stepanets nasceu em 1938, na cidade ucraniana de Vinnytsia. O pai morreu pouco tempo depois na Segunda Guerra Mundial e Stepanets e a mãe só conseguiram sobreviver graças a um tio, que também lutou na guerra, e partilhava com eles as suas rações militares.

Em 1956, ingressou na Universidade de Moscovo, onde se licenciou em Matemática e Química e fez um doutoramento em Físico-Química. Trabalhou no Instituto de Investigação e Desenvolvimento Geofísico em Moscovo e assinou uma carta de apoio aos dissidentes anti-soviéticos, que levou à sua demissão.

Só conseguiu sair da União Soviética quando Mikhail Gorbachev chegou ao poder, escreve o Ukrainska Pravda. Já nos Estados Unidos da América (EUA), trabalhou para a Microsoft e desenvolveu, com um colega, uma patente que foi posteriormente vendida à empresa.

C/Noticias ao Minuto

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo