Mundo

Dez migrantes morrem sufocados em piroga lotada

Dez migrantes morreram sufocados num pequeno barco de madeira sobrelotado, a cerca de 55 km da costa da Líbia. Segundo a organização humanitária Médicos Sem Fronteiras, a embarcação trazia mais de uma centena de pessoas. 

Esses migrantes, de acordo com a mesma fonte, tentavam chegar à Europa e foram resgatados numa difícil operação na última terça-feira. Relatos dos sobreviventes indicam que os os migrantes que não resistiram estiveram 13 horas no convés inferior do barco onde havia um forte cheiro a combustível.

Activistas do Alarm Phone, que recebem chamadas de migrantes em perigo, acusam as autoridades europeias de ignorarem os pedidos de socorro: “Tínhamos dado o alarme, várias horas antes, mas ninguém atendeu.”

Em menos de 24 horas, o navio ‘Geo Barents’, fretado pelos Médicos Sem Fronteiras, fez três salvamentos, resgatando 186 pessoas oriundas da Guiné, Nigéria, Costa do Marfim, Somália e Síria. O mais novo tem 10 meses.

C/CM.PT

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo