Cultura

Samba Groove grava música “Carnaval Online” em homenagem aos amantes da festa da fantasia

O Samba Groove publicou no youtube o videoclipe de uma música gravada pelo grupo para marcar o Carnaval, que este ano foi celebrado de forma virtual devido a pandemia. Intitulada “Carnaval online”, a composição retrata duas estórias em paralelo, envolvendo uma empregada doméstica e um artista plástico frustrado por não poder mostrar a sua criação no asfalto de Mindelo. 

Segundo o músico Vady Dias, tendo em conta o ano atípico, que impossibilitou a realização dos tradicionais desfiles, os artistas sentiram a necessidade de demonstrar a sua arte e animar as pessoas em casa através de “lives”. Esta realidade foi transposta para o videoclipe, que tem como mote um espetáculo online do grupo, durante o qual apresenta este seu primeiro single. Em paralelo, o filme associa esse show virtual às histórias de uma empregada doméstica e de um escultor, mas com o mesmo final, para realçar o impacto que a festa tem nas pessoas e a sua dimensão em S. Vicente.

O clipe começa por se centrar na empregada, que está triste por não poder brincar o carnaval. Ela resolve telefonar para uma amiga para saber novidades e fica então a par de uma “live” de carnaval do Samba Groove. Acontece que a empregada não tem saldo para assistir o show pela net, mas a amiga lhe diz que tem megas “largôde”. Sem pensar duas vezes, convida-a para verem a transmissão na casa onde trabalha.

Aproveitando a saída da patroa para um funeral, as duas abrem o guarda roupas dela e vestem os seus trajes de carnaval. E começam a dançar na sala da casa ao som da batida “Carnaval online” do Samba Groove. Entretanto, em plena “vibe”, a empregada lembra-se da panela que deixou ao lume para o almoço da patroa. Entra na cozinha já invadida pelo fumo e é transportada para o mundo dos mandingas.

Fazendo pouco do estrago causado, continua a dançar até cair de cansaço. Num suspiro acaba por adormecer e sonhar que está no “enterro do Carnaval”. Nesse instante a sua viagem imaginária é interrompida pela chegada da patroa, que a acorda e, ao ver o seu estado “mandingavel”, a coloca no olho da rua. 

O segundo conto centra-se no drama de um escultor que vai trabalhar na agricultura na impossibilidade de executar a sua obra de arte no carnaval. O artista, que se sente deprimido, é entretanto surpreendido enquanto esculpia uma cara de barro na terra. O patrão fica irritado ao ver que o funcionário estava a “viajar” pelo Carnaval em vez de trabalhar e o despede na hora.

A pensar na vida, o escultor vagueia pelas ruas da cidade com os desenhos das obras que projectou para o carnaval, quando vê numa vitrine uma das esculturas que fez no ano anterior. Desolado, deixa para trás o seu sonho ilustrado nos desenhos das alegorias que idealizou.

Com esse videoclipe, que foi feito ás pressas, Samba Groove tentou abordar a forma como o Carnaval foi vivenciado este ano. Sem espetáculos ao vivo, quase tudo aconteceu na internet. Mas, ver as “lives” implica ter megas, por isso o refrão “ho guys bsot mandam megas d’ favor!”

Tudo começou numa brincadeira

Segundo Vady Dias, porta-voz do SG, a ideia subjacente é homenagear os diversos amantes do Carnaval d’Soncent, no fundo o povo mindelense. “Este trabalho começou a partir de uma brincadeira que lancei no grupo de messenger do Samba Groove. Coloquei duas estrofes e um áudio e pedi a opinião dos meus colegas. Antes disso, o nosso amigo Jandir já havia dito que não podíamos deixar passar o Carnaval em branco este ano”, conta o compositor. Lançado o repto, a inspiração tomou conta do estado de espirito dos artistas, que decidiram compor a música. A batida foi lançada no youtube no passado domingo, dia do “enterro do Carnaval”. 

Para simbolizar a celebração do “enterro”, evento muito associado aos mandingas e que costuma envolver entre 15 a 20 mil foliões em S. Vicente, a produção do videoclipe usou 4 “guerreiros”, acompanhados por 2 elementos da banda, como representatividade do povo mindelense. Isto porque, como lembra Vady Dias, as aglomerações estão proibidas e a mensagem de ordem neste momento é combater a Covid-19 para que tudo volte à normalidade.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo