CulturaEscolha do Editor

Kavala Fresk Feastival em novo formato, mas com mesma essência

Foi apresentado hoje no Mindelo a 9º edição do Kavala Fresk Feastival (KFF), marcado para os dias 23 a 25 de julho. Este ano o evento vai acontecer em um novo formato para respeitar as exigências decorrentes da Covid-19, mas manterá a mesma essência, de acordo com a organização da Mariventos. O certame conta com a participação de 15 restaurantes que normalmente fazem parte do festival, mas este ano vão operar nos seus espaços.

Segundo o director artístico do KFF, Kisó Oliveira, os desafios de fazer este festival, que normalmente leva um grande número de pessoas para morada, foram enormes. “Desta vez quisemos fazer algo diferente. É como se morada tivesse absorvido o KFF. A nossa programação e todo o desafio da sua concepção teve em conta o marketing que está a ser desenvolvido e a participação dos restaurantes. Não podíamos ficar mais um ano sem fazer um festival da dimensão do KFF, que é um evento que representa São Vicente”, informou.

Uma vez mais, prossegue, o evento subdivide-se em seis pontos: desportos, cultura, informação, laboratório, programação para família e gastronomia. Mais ao detalhe, Conceição Delgado garantiu que a Mariventos está a trazer o KFF com a mesma essência, mas num novo formato.  “A mesma essência porque a cavala continua a ser a rainha do festival. Os restaurantes vão estar presentes em toda a linha. Sem os restaurantes e a população seria impossível fazer este evento, respeitando o momento que estamos a viver.”

Foi esta a razão que levou a Mariventos a estender o certame para três dias para dar oportunidade aos restaurantes para trabalhar e ter rendimento. “O objectivo este ano é contribuir para o aumento do rendimento dos sectores mais afectados pela pandemia, nomeadamente restaurantes e empresas de eventos.”

É assim que, no dia 23, o KFF arranca às 10 horas com “Kavala na Mercado”. Trata-se de um “show cooking” que vai acontecer com o mercado em pleno funcionamento, com a presença de duas personalidades de São Vicente: o jovem Kevin e o artista Baú, ambos com paixão pela cozinha. Paralelamente, haverá uma conversa com uma nutricionista e uma pessoa da área económica sobre segurança alimentar e alimentação saudável, utilizando produtos nacionais. “É a essência da cavala no mercado de verdura de São Vicente. Logo de seguida, os restaurantes inscritos entram no roteiro gastronómico. Teremos ainda um programa de comunicação digital nas redes sociais.”

Para o dia 25, está agendado uma aula de culinária com o chef Lamine para 15 crianças, que vão confeccionar os seus próprios alimentos. Este contará com apoio de um subchef mirin de 12 anos, de nacionalidade italiana, cujo nome artístico é Tiramisu. No período de tarde, haverá “Kavala na mei Mar”, com um concerto a volta da baía mais bela do mundo no iate Itomá, com degustação de produtos relacionados com o mar, com Bau e Gabriela Mendes. No último dia, 26, a parte play contempla actividades na Lajinha com natação e atletismo, designado duatlo aquático.  

Satisfeito estava também o presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Augusto Neves, para quem o KFF é São Vicente, é dinamismo e é cultura. “O facto deste grupo ter trabalhado para fazermos este festival é uma grande vitória. Mesmo em um momento difícil e especial, penso que há formas de conseguir trabalhar e dar continuidade ao processo de desenvolvimento cultural que colocam S. Vicente neste patamar que estamos”, frisou o edil, garantindo que a CMSV abraça tudo aqui que contribui para o desenvolvimento e para trazer dinamismo para a ilha.

A organização aproveita para apelar aos sanvicentinos para aderirem às actividades, designadamente às aulas de culinária para crianças que podem ser consideradas actividades de verão; mas também para irem aos restaurantes integrados no roteiro para degustarem a cavala, lembrando que vai se realizar o concurso “Kavala mais sabe”. Haverá um júri que vai percorrer os restaurantes e eleger o melhor prato de cavala da edição 2021 do KFF.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo