CulturaEscolha do Editor
Tendência

Festival Djarfogo CinedFest reagendado para Junho devido a Covid-19

O Djarfogo CinedFest International Film Festival foi reagendado devido a pandemia da Covid-19 e, desta vez, ficou  para os dias 09 a 13 de Junho. Deste modo estarão em exibição na ilha do Fogo à volta de 70 filmes de vários países, selecionados entre 300 inscritos, soube o Mindelinsite junto da Txan Film Productions & Visual Arts, empresa independente de produção de filmes e artes artes visuais.

De acordo com a empresa organizadora deste festival internacional de cinema, que se quer anual, o objetivo do evento é chegar aos estudantes de audiovisual de todo o arquipélago e ao público em geral, tanto a nível nacional como no estrangeiro.

Em nota de imprensa enviada ao nosso jornal, a Txan Film Productions & Visual Arts explica que o evento foi projectado para os profissionais locais e para um público-alvo de todas as idades, culturas e classes sociais. 

O Djarfogo CinedFest International Film Festival é uma organização que visa reunir comunidades, criando experiências transformacionais de cinema, e decorrerá em parceria com o Padre PioGottin Auditorium, a Casa do Sol, EME e o patrocinio da Vinha Maria Chaves Água do Fogo, Canon BurBank USA, entre outros.

A Txan Film Productions & Visual Arts, uma empresa sediada na cidade norte-americana de Los Angeles e nas ilhas de Cabo Verde, é uma produtora independente de filmes composta por profissionais da indústria de entretenimento criativo e empresarial. É dirigida por Guenny K. Pires, cineasta e professor de artes visuais várias vezes premiado pelo seu trabalho. 

É o primeiro cabo-verdiano nativo a escrever, dirigir e produzir filmes, documentários e narrativos sobre Cabo Verde. Em 2005 mudou-se para Los Angeles e fundou a Txan Film Productions & Visual Arts, uma produtora constituída por cinco membros de nacionalidade cabo-verdiana e americana.

João do Rosário

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo