CulturaEscolha do Editor
Tendência

Cruzeiros do Norte inova e leva ensaios-show “ka tem parada” para outras zonas, a começar por Ribeirinha

O polivalente da Ribeirinha será palco hoje à noite de um ensaio do grupo carnavalesco Cruzeiros do Norte, uma iniciativa inédita que pretende levar a folia da festa do Rei Momo a bairros periféricos da cidade do Mindelo. Ao mesmo tempo, o grupo de Cruz João Évora quer angariar foliões e estimular essas localidades a seguirem os exemplos do Cruzeiros e Montsu e criarem também os seus grémios .

“Pessoalmente considero que o futuro do Carnaval d’Soncent está nas comunidades e não nos chamados ‘grupos d’família’, que ficam muito dependentes e centralizados. Este tipo de grupo desaparece, ou entra em crise, cedo ou tarde”, considera Nuno Costa, director do Carnaval do Cruzeiros do Norte.

A ideia da descentralização dos ensaios foi lançada numa reunião há mais de um ano. A proposta foi amadurecida e batizada com o título “Ensaios-Show ka tem parada”. Normalmente, explica Nuno Costa, um DJ que faz uma animação musical e há também a actuaçao da banda do Cruzeiros, que pode interpretar a música deste ano e dos desfiles anteriores. Além disso é feito o sorteio de um traje integralmente financiado pelo empresário Nelson Lopes. O(a) ganhador(a) pode escolher a ala do seu agrado.

Além da zona de Ribeirinha, o Cruzeiros do Norte vai fazer ensaios em Chã d’Alecrim, Ribeira Bote e Bela Vista. E não descarta a hipótese de incluir mais uma localidade. Fora isso, o grupo terá ensaios nalgumas ruas da zona de Cruz João Évora – para analisar a sonoridade e fazer adaptações para o dia do desfile oficial – e dois ensaios técnicos no bairro Vila Monte, na Ribeira d’Julião, e no sambódromo do Mindelo.

“Temos seis grupos oficiais em S. Vicente, contando com o Samba Tropical. Vejamos, o Samba ensaia na academia Carlos Alhinho, o Vindos do Oriente no campo de ténis do Castilho, o grupo Estrela do Mar costuma usar o Centro de Estágio, Flores do Mindelo usa o Quintal das Artes. Ora, estamos a falar de locais situados no centro da cidade. Apenas o Cruzeiros e Montsu fazem ensaios na periferia, por isso tivemos essa iniciativa de levar os ensaios para outras localidades porque, como disse antes, o futuro do nosso Carnaval está nas comunidades”, explica Nuno Costa.

O próximo ensaio-show será no polivalente de Chã d’Alecrim, na sexta-feira, seguindo-se Ribeira Bote e Bela Vista, no “Piscinão”.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo