Atualidade

PR recebe delegação de senadores norte-americanos e PCA da Millenium Challenge Corporation

O Presidente da República recebe amanhã, às 9 horas, uma delegação composta por seis senadores dos Estados Unidos da América e cinco colaboradores congressistas que realizam uma curta visita de cerca de 24 horas ao nosso país. A delegação chefiada pelo Senador Chris Coons, do Estado de Delaware e integra ainda uma representação da Millenium Challenge Corporation (MCC), chefiada pela sua Presidente do Conselho de Administração, Alice Albright. 

De acordo com a Presidência, da agenda da delegação estão a constatação in loco os projetos com o financiamento do Millenium Challenge Account, preocupações com a segurança alimentar, a segurança marítima, alterações climáticas e economia digital.  “O encontro como o Presidente será, portanto, uma oportunidade para as partes refletirem sobre novas formas de reforçar a cooperação entre os nossos dois países.”

A delegação será igualmente recebida pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integração Regional, Rui Figueiredo Soares. O encontro terá lugar no Salão Nobre do Ministério, às 9h45, e os principais pontos da agenda são a (in)segurança alimentar, a recuperação pós COVID e a cooperação com vista a reforçar a resiliência face a choques externos e alterações climáticas.

Cabo Verde, recorda-se, beneficiou de dois compactos Millennium Challenge Account (MCA), um dos principais instrumentos da cooperação bilateral dos Estados Unidos da América com os países emergentes criado em 2004 pela administração do Presidente George Bush. Logo no primeiro ano, 2004, o arquipélago foi contemplado com um primeiro compacto no valor de 110 milhões de dólares, que beneficiou de forma directa e indireta 384 mil pessoas, ou seja, 75% da população cabo-verdiana. 

O país voltou a ser seleccionado em 2011, no montante de 67,2 milhões de dólares, abrangendo áreas essenciais para o desenvolvimento dos sectores da gestão da Terra, Água, Saneamento e Higiene e Gestão de Propriedade. O projecto para água e saneamento básico compreendeu a reforma das actividades institucional e regulatória, com melhoria do sistema de planeamento e processos regulatórios, incluindo o ajuste da tarifa. O de gestão da propriedade abarcou as a reformas legais e institucional para a melhoria gestão dos solos e a actividade dos direitos de propriedade.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo