Atualidade
Tendência

Covid-19: Cada doente contamina uma pessoa em Cabo Verde

A capacidade de transmissão da covid-19 no país varia entre os concelhos, sendo que na Praia situa-se entre os 0.5 e 1.3 e no Sal sobe para 1.4 e 1.8, enquanto que em Santa Cruz o valor mínimo esteve abaixo de 1 e máximo de 1.3, indicou o Director Nacional da Saúde na habitual conferencia de imprensa, numa altura em que se regista um ligeiro de casos aumento na ilha do Sal. 

No balanço epidemiológico de hoje, Artur Correia destacou os picos registados entre os dias 1 a 7 de junho e 8 a 15, com uma ligeira descida na semana de 15 a 21 e um ligeiro aumento na ultima semana, de 22 a 28. “Mas há sempre uma tendência de abaixar estes picos. É isso que queremos, apesar de estarem abertas varias frentes, não só na ilha de Santiago, com foco nos concelhos da Praia e Santa Cruz, mas também no Sal”, frisou.  

Relativamente a situação de internamento, segundo o DNS, são neste momento 543 doentes. Mas destes, apenas 12 estão em isolamento hospitalar, sendo 7 no Hospital Agostinho Neto, 4 em Santiago Norte e 1 na ilha do Sal. “Não há neste momento nenhum doente internado no Hospital Baptista de Sousa. Também temos 607 doentes recuperados. Aliás, há vários dias  que temos mais recuperados do que internados”, comemorou Correia. 

Quanto ao número de óbitos, aumentou para 13 com a morte de mais um doente hoje, totalizando neste momento 8 vitimas fatais no concelho da Praia. A grande maioria das vitimas, 9 das 13, são pessoas com mais de 60 anos, o que levou o DNS a enfatizar a importância do facto idade, sobretudo em pessoas com mais de 80 anos. “São pessoas que não saem à rua. As pessoas que habitam as casas com idosos têm o dever de tudo fazer para proteger os idosos”, afirmou. 

Praia e Sal são o concelho e ilha mais afectados, seguido das outras ilhas, designadamente da Boa Vista e S. Cruz. Correia deixa claro que, apesar do número alarmante de casos diagnosticados nos últimos dias, cerca de 50% das amostras referiam a semana anterior, tanto do Sal como do concelho da Praia, sendo que este último já retomou a tendência estacionaria 

Quanto aos dados de hoje, há 26 casos suspeitos repartidos por vários concelhos e 10 novos positivos: 5 da Praia, 3 da Ribeira Grande de Santiago e 2 do Tarrafal. Estão internadas 543 pessoas, a maior parte na Praia e no Sal. A taxa de recuperação é de 52,7%, sendo que na Praia chega a 67%. 

Já o número de pessoas em quarentena voltou a aumentar devido ao aparecimento dos novos focos e também resultante do repatriamento a nível nacional. Neste momento estão em quarentena um total de 1.248 pessoas, numa altura em que ultrapassou-se os 30 mil testes rápidos e 9 mil PCR realizados no país, com um aumento de 900 para 1.400.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar