Social

Prisão preventiva para homem de 55 anos que abusava da enteada menor no Sal

Um homem foi detido na ilha do Sal e levado a primeiro interrogatório judicial por ser arguido indiciado pela prática de um crime de abuso sexual de menor dependente ou em situação particularmente vulnerável, na sua forma continuada e agravada, na pessoa da sua enteada. A jovem, hoje com 16 anos, tinha apenas 12 anos quando os abusos começaram.

Esta informação é avançada pela Polícia Judiciaria em comunicado, em que informa que, no cumprimento de um mandado emitido pelo Ministério Público deteve no dia 05 de dezembro, fora de flagrante delito, um indivíduo de 55 anos residente no bairro de Chã de Fraqueza nos Espargos, ilha do Sal, acusado pela pratica de um crime de abuso sexual, com penetração.  

A vítima, agora com 16 anos, prossegue, é enteada do detido e vinha sendo abusada sexualmente desde os 12 anos. Este foi presente ontem às autoridades judiciarias para primeiro interrogatório judicial de arguido detido, tendo-lhe sido aplicado como medida de coação a prisão preventiva. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo