Cultura

GRES Monte Sossego cancela participação na abertura oficial do Carnaval

O grupo Monte Sossego cancelou a sua participação no evento que marca a abertura oficial do Carnaval 2020, que se realiza esta sexta-feira, 31, num dos hotéis da cidade do Mindelo, alegadamente por discordar da forma e modalidades do sorteio de saída dos grupos no Carnaval. Coincidência ou não, a Liga Independente dos Grupos Oficiais do Carnaval (Ligoc) cancelou a conferencia de imprensa agendada para hoje onde pretendia fazer o lançamento deste evento. 

Em comunicado, o Grupo Recreativo Escola de Samba Monte Sossego informa que a direcção decidiu, por unanimidade, não participar neste evento, que se destina a apresentação dos casais Mestre-sala e Porta-bandeira, rainhas de bateria e musicas oficiais do Carnaval 2020, organizado pela Ligoc. O motivo? “Os sucessivos atropelos a varias decisões dos órgãos sociais, lavrados em acta”, explica

A direcção do maior grupo carnavalesco de São Vicente prossegue dizendo que não compactua com a forma e a modalidade do sorteio de saída dos grupos, que será realizada durante o evento, uma vez que já havida sido decidido, em reunião do Conselho Deliberativo, antes do desfile de 2019 que o ultimo classificado, deveria ser o primeiro a desfilar este ano. 

“A agremiação fundadora da Ligoc não poderá, de forma nenhuma, aceitar que as deliberações dos orgão desta instituição sejam sistematicamente ignoradas pela Direcção Executiva, esvaziando em toda a linha as competências dos mesmos”, acrescenta o GRES na referida nota, deixando claro que, como agremiação séria, comprometida e que tem trabalhado de forma consistente e sustentada para o crescimento do Carnaval mindelense, vai aguardar serenamente o resultado do sorteio.

Logo a seguir a divulgação da nota, a própria Ligoc informou a imprensa do cancelamento da conferência, que deveria ocorrer às 10h30. 

Constânça de Pina

Mostrar mais

Artigos relacionados

7 Comentários

  1. Precisa diálogo!

    Com a nova organização resultante da própria evolução, estamos num processo ainda torbulento de aprendizagem. E neste tipo de processo, acontecem erros, desvios, recuos e correções ou adaptações de emergência.

    Por isso, depois de terem tomado uma decisão consensual em 2019, parece-me normal que se tenha de a corrigir, e no caso em concreto, tendo em conta uma importante razão que é a seguinte:
    – É que aconteceram mudanças não inesperadas (devemos nos preparar para o inesperado) mas sim, mudanças FORÇADAS pela própria evolução das coisas (e que toda a gente já antevia)

    Vejamos:.

    – No ano passado tivemos quatro grupos a desfilar e o Flores do Mindelo ficou no último lugar pelo que, neste ano e conforme a determinação de 2019, seria o primeiro a sair.

    – Porém, neste ano aconteceu um facto novo (mas obviamente esperado):
    É que depois de um único ano de ausência, o Vindos do Oriente regressou ao carnaval como se esperava e se desejava (o mesmo aconteceria com qualquer grupo e veja-se o exemmplo do Estrela do Mar que foi ansiosamente esperado durante muitos anos).

    Então coloco ao presidente do Monte Sossego as seguintes perguntas:
    1ª – Que escalonamento de saída dos grupos que seja promotor da harmonia e bem-estar geral, é que ele pode sugerir??
    2ª – Não vê que a decisão do ano passado, não porque alguém não queira mas, “FORÇADA PELAS CIRCUNSTÂNCIAS” já não é aplicável??
    3ª – E que se é algo “forçado” pelas circuntâncias”, significa que se tem de encontrar outra saída para ultrapassar as seguintes questões:
    4ª – Por exemplo, sem sorteio, em que posição de saída se iria colocar o Vindos do Oriente??
    a) Como “PRIMEIRO”???
    – Mas se ele não foi o último classificado (o último foi o Flores do Mindelo), porque é que haveria de ser o primeiro a desfilar?
    b) Como ÚLTIMO???
    – Mas se ele não foi o primeiro classificado (o primeiro foi o Cruzeiros do Norte), porque é que haveria de ser o último a desfilar???
    c) Pode-se fazer esta mesma pergunta relativamente a qualquer posição e, não iremos conseguir enquadrar o Vindos do Oriente, sem favorecer a um o mais grupos e simultaneamente injustiçar a um ou mais grupos (ou seja, sem discriminar).
    5ª) Neste caso, qual seria a solução proposta pelo presidente do Monte Sossego???
    – Não deixar o Vindos do Oriente desfilar???
    – Seria pior ainda porque a ausência de qualquer grupo prejudica muito mais ainda o carnaval de S.Vicente.
    Portanto, penso que temos de dar a mão à palmatória, dar a mão ao diálogo para o bem geral do carnaval.

    – Sei que há coisas que marcam e que parecem uma sina:
    Por exemplo, nos últimos anos o sorteio tem ditado repetidamente que o Montsú seja sempre o primeiro. Este é o mal do sorteio a que se pretendeu corrigir.
    E tentaram corrigir mas, este ano, também essa correção ainda não pode ser implementada.

    SUGESTÃO:

    Por isso, tenho uma sugestão, embora também ela possa ser considerada polémica (mas temos de encontrar uma solução que seja a menos pior possível):
    – É a seguinte:
    * Que o grupo Monte Sossego fique de fora na primeira extração do sorteio e que esta seja feita só entre os restantes quatro grupos. Isso garantirá que neste ano – excepcionalmente – o Monte Sossego não será primeiro mais uma vez, só por injustiça do sorteio.
    * O Monte Sossego só entraria no sorteio, a partir do 2º momento da extração e aí já pode ser 2º, 3º, 4º ou 5º a sair
    * Depois sim, como resultado dessa experiência com essa nova circunstância forçada, cria-se um regulamento consensual que enquadre os grupos que entram num determinado ano.
    O que é que acham?????

  2. Gosto muito do Montsú, assim como de todos os grupos carnavalescos de São Vicente, mas confesso que esse presidente do Montsú com essa mania de superioridade (que só existe na cabecinha oval dele) e essa “intxedura” que já lhe são característicos vai acabar por prejudicar o grupo, pois o povo não gosta dessas coisas e posso garantir que o povo mindelense já percebeu isso e não tem muito empatia para com este Sr.
    É basta ver as entrevistas que ele dá, um pouco de humildade nunca fez mal a ninguém.
    Anh deixo uma perguntinha: Na entrega dos prémios do ano passado o Sr. deu um “ZORRO” depois de ter recebido o segundo lugar, que ninguém lhe conseguiu achar, “Bo tenk inxná nox ess truque de desaparcê essim”

    Ess one ja Bo sabê êh manera, se bo ke txa intxedura de lode um bokedim, e trubaia max pe elevá Montsú, bsot ê capaz de fca só à frente de Flores do mindelo.

  3. Ao espírito de (porco) convenço!!!
    Sim espirito de porco, porque se disfarça para tentar confundir….
    Eu não sou o Pressidente do grupo, mas lhe respondo, porque em Monte Sossego tem gente de fibra e carater!!
    Cito o proprio entre aspas:
    1 – “…estamos num processo torbulento de aprendizagem…”
    Hora pois, so não precisava reperir erros cratos conhecidos em outros carnavais. E com isso beneficiando sempre aquele que não deve ser nomeado..!!

    2- “…isso, depois de terem tomado uma decisão consensual em 2019, parece-me normal que se tenha de a corrigir…”
    Corrigir oque?? Depois da imposição feita, descumprindo o estatuto e regulamento (ao qualna verdade os grupos deveriam ter tomado uma posição mais firme a muito tempo), o maximo que se poderia fazer era não descurprir e rasgar todo o resto dos regulamentos.

    3 – “… É que depois de um único ano de ausência,…”
    Pare de florear e romantizar esse assunto.
    Um único ano uma ova!!! Isto tb esta nos estatutos, e deveria ser cumprido, tanta as multas, como as demais penalizaçôes, que ate agora ninguem falou. Estamos a brincar ou que!!??
    RESPOSTAS DIRETAS AS SUAS PERGUNTAS (na verdade as suas opiniões mal formadas de proposito, diafarçadas de perguntas):

    1 – O escalonamento deveria continuar a seguir as Regras, mesmo tendo de se adaptar por entrada imposta de um novo grupo. Flores do Mindelo foi o ultimo colocado no anoa de 2019, mas te pontuação, diferente do Vindos do Oriente, que entra com 0 pontos, por não ter parcipado. Logoooo….!!?? Obvio que cumprindo o regulamento, o primeiro já seria ela a desfilar. Seguido do ultimo colocado do ano passado, que ja sairia em alternância do outro lado da avenida. Seguido anida agora sim do sorteio no mesmo lado entre Cruzeiros e Estrela do Mar para se escalonar quem seria o terceiro e o quinto a desfilar, levando a questão de alternância de saida dos lados para permitir a arrumação das pessoas nos andores, para os desfiles que deveria ser de 30mn entra cada grupo. Isso contando com o lado escolhido pelos grupos (por ser melhor para cada um em decorrência da posição dos estaleiros) ja terem defenido os seu locais de saida, daria a alternância necessária, justa segundo o regulamento, e sem rasgar os mesmos documentos para beneficiar a mesma que deveria estar arcando com as suas penalizações.
    2- Isso não foi ima pergunta, e so confirma o que já tinha dito sobre a sua falsa pretensão conesse textão.
    3,4, 5 – e por ai vai…, não foram.mais perguntas.!!

    Para lembrar que se dois grupos sairem no mesno lado swm alternância, isso vai dar grandes problemas, porque nenhum vai conseguri montar o seu desfile, posicionar gigurantes nos andores e comprir com os horário de saida.

  4. PRIMEIRO

    Eu simplesmente sugeri que seguíssemos o caminho do diálogo, por achar que é o mais saudável e construtivo.
    E de seguida dei a minha opinião e apresentei uma sugestão de solução.
    E em troca tu reages dizendo que estou a tentar fazer-te de “besta”, chamando-me de “espírito de porco”, de “falso”, enfim…
    Ora, precisamente o que eu quiz dizer, é que destilando tanta raiva e agressão, não é possível o diálogo e consequentemente, nem o entendimento.
    Mas, esclareço-te que não me ofendeste nem te vou chamar qualquer nome, porque como te disse, acho que não ajuda ao entendimento.

    SEGUNDO

    Tu apresentas a minha proposta como se eu tivesse algum propósito oportunista e reages com um “Logoooo!!??” – como se a minha sugestão fosse algo escândaloso e irracional.

    * E para me mostrar o quão escandaloso é a minha ideia, tu me esclareces com a seguinte lógica:
    – Flores do Mindelo foi último em 2019, mas tem pontuação.
    – Vindos do Oriente que não participou, entra com 0 pontos. Logoooo!!??, que cumprindo o regulamento, ele é o primeiro a entrar.

    Repito! Só com disponibilidade para o diálogo, será possível esclarecer e entender. E é por isso que te peço para pensares também que é possível existirem outras lógicas.

    É que seguindo a tua lógica, um grupo que não participou, tem 0 pontos não é?
    Então, segue-me o raciocínio:
    Por exemplo,
    – Resoveste criar um novo grupo para 2021.
    – Esse grupo ainda nem existe.
    – Mas ele já tem 0 pontos. Quando ele for entrar ele terá 0 pontos. Isto é, ele é pontuado sem participar. Ele é pontuado em algo de que nem faz parte.
    – Não te parece esquisito?
    – A mim me parece e é por isso, que apresentei uma alternativa que é:
    Primeiro temos de ter em conta que, como diz o regulamento, um grupo que entra pela primeira vez, não tem de ser pontuado com nenhum tipo de pontuação porque vai entrar para o desfile de acesso.

    Mas o Vindos do Oriente já existia e abandonou o ano passado para regressar este ano, precisamente num momento de trasição e de nascimento da Ligoc, em que o novíssimo regulamento da Ligoc ainda não tinha pensado na possibilidade de se deparar com uma situação deste tipo.

    Porém, coincidentemente, foi nesse mesmo regulamento é que se criou esse novo figurino de escalonamento de entrada na arena, que deixou de ser por sorteio.
    Não adivinharam e por isso, não preveram essa situação no regulamento.
    E é por isso que apresentei a minha proposta à Ligoc para, em assembleia futura (e após esta experiência de algo que não preveram e com o qual agora aprenderam), decidirem e inscreverem um mecanismo no regulamento, mas para servir para os anos vindouros.

    Enquanto que para este ano, eu sugeri que retomassem o sorteio, só que com a particularidade de impedirem que o Monte sossego fosse de novo o primeiro a sair.
    Ou seja, propus uma excepção só para o Monte Sossego, já que ele é o grupo que tem sido repetidamente penalisado com esse sorteio.

    E a partir do proximo ano, tudo já poderia decorrer de acordo com esse regulamento, mas, um regulamento pleno, que vertesse tudo o que fosse necessário para evitar interpretações divergentes e precavesse prováveis situações ainda não vivenciadas.

  5. Pk o vindos do oriente não pode ser o primeiro grupo a sair visto não ter estado presente nã apresentação da proposta 2019? Mesmo fazendo um sorteio entre vindos d oriente e flores d Mindelo já seria injusto…

  6. Ah se o pessoal dedicasse a mesma atenção, energia, paixão que tem para as desimportâncias do carnaval, nas lides profissionais! Soncent seria um ilha avançadíssima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo