Cultura
Tendência

Artesão Beto Diogo leva projecto “Arte nas Zonas” às localidades

O artesão Beto Duarte leva às localidades mais afastadas do centro do Mindelo o projeto “Arte nas Zonas”. Guiando o próprio ateliê móvel, o seu papel tem sido demonstrar a sua profissão em cada canto que chega e tentar despertar novos interessados para a arte em cabedal.

“Em São Vicente a profissão de sapateiro antigamente era muito mais frequente e havia sempre pessoas nas sapatarias a querer aprender o ofício”, lembra Diogo que pretende fazer com que esta profissão volte ao seu auge.

A curiosidade do público, por onde passa, tem sido espontânea e, quando aparecem pessoas interessadas, encaminha-os para as formações que ministra na sede da Organização das Mulheres de Cabo Verde. “Outro dia estive no Monte Verde, onde encontrei pessoas a passar o dia e pararam para ver o trabalho que faço. Quero mostrar que, com o cabedal, dá para ter muita criatividade e fazer diversos objetos que podem ser vendidos”, diz.

O ateliê móvel, para Beto Diogo, é uma ideia que o permite descentralizar a oferta cultural existentes nas ilhas. Aliás assegura que, muito anterior à pandemia, defendia a ideia de descentralizar a feira URDI para outros bairros e outras ilhas. Três anos após colocar na estrada este projeto, vê a URDI expandir-se, o que, para Beto Diogo, é um sonho realizado.

“O ateliê móvel é um projeto que pode ser adoptado. Por exemplo, quando houver barcos cruzeiros na ilha pode se posicionar dentro do cais, mediante acordo com a Enapor. Há muitos turistas que não saem dos navios ou do cais e essa seria uma forma de levarem um souvenir cabo-verdiano”.

A sua estadia em São Vicente, para formações e com o projecto “Arte nas zonas”, tem lhe proporcionado outros novos frutos, designadamente novos parceiros.“Graças aos contactos da OMCV consegui uma parceria com a Enacol e, a partir de agora sou beneficiado com combustível“, comemora.

Com este projeto, que iniciou há três anos, pretende percorrer todo o arquipélago e espalhar sua arte para atrair interesse, sobretudo dos jovens.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo