Atualidade
Tendência

Farmácia do Estado transferida para Delegacia de Saúde de SV

A Farmácia do Estado, que funcionava no Hospital Baptista de Sousa, foi transferida para a Delegacia da Saúde de São Vicente e baptizada com o nome de “Farmácia da Delegacia de Saúde”. O acto foi testemunhado pela directora do HBS e trabalhadores da Saúde, foi presidido pelo ministro Arlindo do Rosário, que destacou o facto de se estar a descongestionar o hospital, com impacto na melhoria do atendimento à população da ilha, tendo em conta que o serviço passará a funcionar todos os dias, inclusive nos fins-de-semana. 

Orçado em mais de quatro mil contos, Elísio Silva não tem dúvida de que esta farmácia vai servir a população de S. Vicente. “A antiga Farmácia do Estado passará agora a chamar-se Farmácia da Delegacia de Saúde de S. Vicente. Tem mais funcionários e todas as condições e condições para uma maior qualidade a nível do atendimento, inclusive nos fins-de-semana. Antes, as pessoas mais vulneráveis que necessitavam de medicamento nos finais de semana eram obrigadas a aguardar até segunda-feira. Vamos fazer todos os possíveis, junta da Direcção da Farmácia Nacional, para que isso aconteça”. 

Já o Ministro da Saúde evocou do esforço feito, desde sempre, por Ana Filomena, para que a Farmácia do Estado fosse retirada do HBS, deixando para este apenas com a farmácia hospitalar. E a DS, com a farmácia pública, que vai servir a população que demanda a atenção primária. “Esta farmácia vai funcionar todos os dias, inclusive nos fins-de-semana. Será uma mais valia porque vai facilitar o acesso aos medicamentos”, reforçou.

Equipa da Farmácia, Delegado e Gestor da Delegacia da Saúde

Arlindo do Rosário anunciou ainda para breve a inauguração de um Centro de Diagnóstico na DS que, afirmou, vai descongestionar ainda mais o HBS porque vai servir as pessoas que demandam os Centros de Saúde poderão fazer os seus exames, designadamente de Imagiologia, Ecografias, raio-x e outros. “Estamos a fazer uma separação entre a atenção primaria, descongestionando o Hospital Baptista de Sousa, ou seja, deixando-o sobretudo para situações que são de foro hospitalar. São passos importantes e consistentes para a melhoria da saúde na ilha e em Cabo Verde.”

Aproveitando que está em S. Vicente, Arlindo do Rosário pretende reunir com os serviços de saúde e Protecção Civil para fazer um novo balanço da evolução do novo coronavírus, numa altura em que regista-se um aumento de casos positivos na ilha, uma situação que, diz, acontece um pouco por todo mundo. Deixou ainda um agradecimento aos trabalhadores da atenção primaria de hospitalar pelo combate que vêm travando contra a Covid19 e apelou ao engajamento da população nesta luta que é de todos, realçando que não basta ver apenas a questão da saúde, mas também a economia e social. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo