Atualidade
Tendência

Covid-19: Governo endurece medidas de combate no Sal e Santiago

O Governo, através Ministro da Administração Interna, anunciou um conjunto de medidas de combate a covid19 para as ilhas do Sal e Santiago, com destaque para o encerramento temporário de todos os estabelecimentos de consumo de bebidas alcoólicas, nomeadamente bares e esplanadas. 

Paulo Rocha explicou que, findo o período de encerramento temporário, os  bares e esplanadas apenas podem ser reabertos se apresentarem declaração de conformidade sanitária, emitida pelas autoridades de fiscalização. 

“Os restaurantes, locais de venda ou consumo de refeições rápidas, roulottes e similares devem suspender o atendimento ao público às 21h30, com encerramento de todas as atividades às 22h00”, avança. Já os  estabelecimentos comerciais, com exceção de farmácias e padarias, deverão suspender o atendimento ao público às 18h30.

Quanto às padarias, o atendimento ao público é suspenso às 20h30, com fecho da loja às 21h00, enquanto o consumo no local será permitido até às 18h30. “São proibidas as festas e convívios, ainda que em residências particulares”, lê-se na, que refere ainda que, a atividade balnear no Sal é encerrada conforme determinação do Instituto Marítimo Portuário.

Para as restantes ilhas, mantêm-se encerradas as instalações e proibidas as atividades recreativas, desportivas, de lazer e diversão.

O Governo sinaliza ainda a alteração ao Decreto-lei que estabelece as regras de utilização de máscaras faciais. Sendo assim, a partir de agora o uso de máscara faciais passa a ser obrigatório para todas as pessoas que circulem ou permaneçam nos locais públicos, abertos ou fechados e incluindo na via pública, e independentemente do tipo de atividade que estejam a realizar.

A alteração, determina ainda sanções, quando o incumprimento se dê em determinados sectores e áreas de atividade, especialmente vulneráveis à propagação do vírus, tais como nos sectores dos transportes e do comércio. 

De referir que o endurecimento das medidas resulta do aumento de casos positivos de infecção pelo novo coronavírus que se regista nos últimos dias. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar