AtualidadeEscolha do Editor

Almada toma posse como coordenador do Gabinete de Operacionalização do CIN

São empossados na tarde de hoje os membros do Gabinete de Operacionalização do Centro Internacional de Negócios de Cabo Verde (CNI-CV), coordenado por José Almada Dias. Integram ainda este gabinete, os administradores não-executivos Belarmino Lucas e Miguel Furtado.  O acto terá lugar na sala de conferências da Câmara de Comércio de Barlavento.

Esta nomeação ocorre no quadro da recente reestruturação do conceito que esteve na génese do Centro Internacional de Negócios (CIN), em 2011. Segundo uma nota enviada à imprensa, o Governo optou pela criação desta entidade que, a nível nacional, será incumbida de planear e organizar a gestão, a promoção e a fiscalização dos múltiplos centros que se espera que a dinâmica do CIN-CV consiga impulsionar nas ilhas.

Tudo isso porque, prossegue a mesma fonte, não se pode mais adiar a implementação desta importante instituição, sob pena de se perder as oportunidades que hoje se apresentam no contexto regional e global.

Este gabinete tem como missão, de entre outros, gerir o CIN-CV até a operacionalização da sua sociedade gestora, acompanhar em conjunto com uma consultoria técnica a criação de uma entidade a nível nacional incumbida de planear e organizar a gestão dos múltiplos centros que se espera que a sua dinâmica consiga impulsionar em todas as ilhas.

Perspectiva ainda fornecer ao Governo os instrumentos técnicos e económicos necessários para garantir a sustentabilidade e autonomia financeira da sociedade CNI-CV e logísticos, e apresentar, semestralmente, junto do Governo os resultados conseguidos.

Pub.

Constânça de Pina

Mostrar mais

Constanca Pina

Formada em jornalismo pela Universidade Federal Fluminense (UFF-RJ). Trabalhou como jornalista no semanário A Semana de 1997 a 2016. Sócia-fundadora do Mindel Insite, desempenha as funções de Chefe de Redaça6o e jornalista/repórter. Paralelamente, leccionou na Universidade Lusófona de Cabo Verde de 2013 a 2020, disciplinas de Jornalismo Económico, Jornalismo Investigativo e Redação Jornalística.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo